Ontem, pelo Campeonato Brasileiro, o uruguaio Acosta marcou o 3º gol do Náutico no 4×1 sobre o Botafogo batendo pênalti com estilo (aliás, ele fez 4 gols no jogo!). Vocês lembram de Zidane batendo pênalti com estilo na final da última Copa do Mundo? Foi exatamente o que Acosta fez nos Aflitos.

A maioria dos brasileiros dirá sobre o lance: %22Bateu a %22la Djalminha%22, quando o cobrador só dá uma %27cavadinha%27 na hora de bater e desloca o goleiro.

Porém poucos aqui no Brasil sabem que o verdadeiro inventor do lance foi o tcheco Antonin Panenka na final da Eurocopa de 1976, na Iugoslávia. Na cobrança decisiva da disputa entre Alemanha Ocidental e Tchecoeslováquia em Belgrado, Panenka bateu deste mesmo jeito e garantiu o campeonato europeu para os tchecos por 5×3.

Antes, o craque alemão Uli Hoeness havia perdido uma das cobranças, após o jogo terminar em 2×2 em uma reação heróica dos alemães, que perdiam por 2×0 e empataram no penúltimo minuto de jogo.

Veja a cobrança de Zidane no último Mundial:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=CVTisZ9nLPI&w=425&h=344]

Agora olhem Panenka decidindo o título da Eurocopa de 1976:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Bd1Hr96IenI&w=425&h=344]

Postado por Alexandre Perin