Região de Nagorno-Karabah/Wikipedia
Mais uma vitória da violência, da intolerância e da guerra sobre o futebol. A UEFA decidiu cancelar o jogo desta semana entre Azerbaijão e Armênia, valendo pelas Eliminatórias da Eurocopa 2008, que será disputada na Áustria e Suíça.

O jogo em si não valia absolutamente nada, pois os dois times estão mais que eliminados. Porém estes dois países da Europa Central, quase na Ásia, estão em conflito há quase 20 anos pela região de Nagorno-Karabakh. De população essencialmente armênia, esta parte fica no Azerbaijão, o que obviamente causa conflitos.

Em decisão tardia, porém acertada, a FIFA e a UEFA decidiram não colocar no mesmo grupo países que estejam em conflitos bélicos. Vale lembrar que este é o motivo do asiático país Israel disputar as Eliminatórias pela Europa desde sempre. O resultado é que Israel acabou disputando somente um Mundial, o de 1970.

Imaginem um jogo Israel x Irã? Simplesmente não aconteceria, pois atletas iranianos não podem disputar competições esportivas (ou de qualquer outra natureza), contra um país que não é reconhecido por eles como nação.

Infelizmente, mais uma vitória da intolerância sobre o futebol.

Postado por Alexandre Perin