Quem se lembra do zagueiro Nenê? Se viram o Mundial de Clubes da FIFA, perceberam ele atuando no Urawa Red Diamonds, terceiro colocado no torneio.

Ele foi comprado pela parceria ISL para o Grêmio por um valor em torno de 3 milhões de dólares junto ao Corinthians. O Grêmio pagou uma parte e restou 50% de saldo. No Grêmio não deixou saudades, saiu do clube no ano seguinte.

Porém a ISL faliu, o Grêmio não conseguiu pagar e a história foi para a justiça. Com juros e custas judiciais, o valor foi fechado e é irrecorrível: aproximadamente 7 milhões de reais.

O Grêmio não tem este valor, e o Corinthians (em sérias dificuldades financeiras também por causa de uma parceria, esta com a obscura e corrupta MSI) quer o valor o mais rápido possível.

Postado por Alexandre Perin