Inadmissível a cena vista ontem no estádio Passo D%27Areia, durante a final do Campeonato Brasileiro Sub-20 entre Internacional e Cruzeiro. No retorno do intervalo, algum idiota achou por bem jogar uma bomba (mais sonora que perigosa em si) ao lado do goleiro do Cruzeiro. Não satisfeito, jogou mais duas no mesmo local. O intervalo durou mais de 30 minutos, esfriando o Inter, em uma cena lamentável transmitida para todo o Brasil pelo SPORTV.

Em um jogo pacífico, repleto de torcedores com família, etc, o que faz pessoas ignorantes assim? É para aparecer? E o pior que a Popular, que normalmente faz um espetáculo belíssimo no Beira-Rio, acabou acobertando o vândalo, pois ele não foi entregue para a Brigada Militar.

Além da Popular ter sido vaiados pelo resto dos torcedores, o incidente diminuiu o embalo do time (que terminou melhor o primeiro tempo) e fez uma parte da torcida parar de cantar no segundo tempo.

Para piorar, tem gente que defende este tipo de comportamento %22intimidatório%22, dizendo que %22Libertadores é Guerra%22, etc… Mais ridículo ainda.

1º) Foi tão intimidatório que quem acabou perdendo o segundo tempo foi o Internacional
2º) Não precisaram disto para ganhar a Libertadores e o Mundial ano passado
3º) Todo e qualquer ato em apoio a ações violentas merece desprezo

Que 2008 tenha menos idiotas em campo e que os demais torcedores tenham coragem de dedurar quem fizer bobagem!

Postado por Alexandre Perin