Olha, uma das arbitragens mais vergonhosas da história do futebol mundial. No corrupto futebol paranaense, dos investigadíssimos Onaireves Moura (ex-deputado cassado, ex-presidente da Federação Paranaense e atualmente preso), Mario Celso Petraglia (presidente do Atlético-PR e que chegou a ser expulso do futebol por corrupção em 1997) e Giovanni Gionédis (o desequilibrado presidente do Coritiba), olhem só a o absurdo protagonizada pelo árbitro Evandro Rogério Roman (sim, o tiozinho dos pênaltis no Brasileiro) no jogo Londrina 2×1 Engenheiro Beltrão pelo Campeonato Paranaense de 2008.

O narrador da TV Rural vai se irritando gradativamente com os erros grosseiros, crassos, vergonhosos. Um gol do Londrina é claramente irregular, um gol do Eng. Beltrão é muito mal anulado, o juiz não dá dois pênaltis clamorosos, além de um monte de faltas claras e impedimentos vergonhosos contra o Engenheiro Beltrão marcados pelo trio de arbitragem.

Chegou ao ponto de um jogador, de frente, cometer a falta em outro que tava correndo bem atrás, é mole?

VERGONHA

Postado por Alexandre Perin