Parabéns ao Manchester United! Em um jogo disputadíssimo, no qual prevaleceu seu melhor momento e qualidade superior, o Manchester United bateu o Barcelona por 1×0 e se garantiu na decisão da Liga dos Campeões da Europa 2007/08. A decisão será dia 21 de maio, no estádio Olímpico de Moscou.

A equipe inglesa, treinada pelo lendário Sir Alex Ferguson chega em sua terceira final, buscando seu terceiro triunfo. Os Red Devils desta vez contaram com o futebol de um veterano, o volante inglês Paul Scholes, que marcou um golaço de fora da área e decidiu a partida.

Na última decisão que participou, talvez uma das mais famosas de todos os tempos, a vitória de 2×1 sobre o poderoso Bayern de Munique do técnico Ottmar Hitzfeld, e das estrelas Oliver Kahn, Steffan Effenberg e Lothar Matthaus só veio com dois gols nos acréscimos.

Na época, o Manchester já era treinado por Ferguson (aliás, 22 temporadas no comando do time) e tinha os experientes Peter Schmeichel, Teddy Sheringham e Roy Keane, além dos talentos afirmados de Ryan Giggs, Paul Scholes e David Beckham.

Os ingleses, com uma campanha excepcional na qual havia eliminado o próprio Barcelona (que comemorava o Centenário), a Internazionale e a poderosa Juventus de Zidane e Del Piero, chegaram com moral em Barcelona.

Porém eles saíram perdendo no início do jogo, gol de Mario Basler. E ainda levaram duas bolas no travessão (uma delas aos 43 do 2º tempo quando estava 1×0 para os alemães). Mas naquele dia, Sheringham e Ole Solskjaer viraram nos acréscimos (45%27 e 47%27 do segundo tempo), sacramentando uma incrível final para delírio do time do noroeste da Inglaterra,e para desespero dos bávaros…

FINAL DE 1998/99

Manchester United (T: Alex Ferguson) – 2
1-Peter Schmeichel; 2-Gary Neville, 5-Ronny Johnsen, 6-Jaap Stam, 3-Denis Irwin, 7-David Beckham, 8-Nicky Butt, 11-Ryan Giggs, 15-Jesper Blomqvist (10-Teddy Sheringham 67), 19-Dwight Yorke,9-Andy Cole (20-Ole Gunnar Solskjær 81)

Bayern de Munique (T: Ottmar Hitzfeld) – 1
1-Oliver Kahn; 10-Lothar Matthäus (17-Thorsten Fink 80), 2-Markus Babbel,25-Thomas Linke, 4-Samuel Osei Kuffour, 18-Michael Tarnat, 11-Stefan Effenberg, 16-Jens Jeremies, 14-Mario Basler (20-Hasan Salihamidzic 89), 19-Carsten Jancker, 21-Alexander Zickler (7-Mehmet Scholl 71)
Árbitro: Pierluigi Collina (Italy)

Local: estádio Camp Nou (Barcelona, Espanha)
Gols: 6%27 – Basler (Bayern); 90%27 – Sheringham (Man Utd); 92  – Solskjaer (Man Utd)


O outro título veio no distante ano de 1968. Com os remanescentes do acidente de Munique dez anos antes (incluindo o treinador Matt Busby e o craque Bobby Charlton), aliada à uma nova geração dos astros George Best, Brian Kidd e Dennis Law, o Manchester se tornou o primeiro time inglês campeão continental.

O time de Old Trafford goleou o Benfica, do técnico brasileiro Otto Glória e de craques como Eusébio e Coluna, por 4×1. Porém a decisão foi igualmente emocionante: três gols na prorrogação depois de um 1×1 no tempo normal, com uma atuação fabulosa de George Best no tempo extra.

FINAL DE 1967/68

Manchester United (T: Matt Busby) – 1 (3)
Stepney; Brennan, Stiles, Foulkes, Dunne; Crerand, Charlton, Sadler; Best, Kidd, Aston

Benfica (T: Ott

Postado por Perin, ansioso por mais uma conquista continental!