Pouca gente sabe, mas o Grêmio foi o primeiro líder isolado do Brasileirão na história. Ao final da terceira rodada de 1971, o Tricolor era o único time com cinco pontos (na época, uma vitória valia dois pontos), após duas vitórias e um empate. O Grêmio terminou a competição, vencida pelo hoje centenário Atlético-MG, em sexto lugar.

E quando os times gaúchos foram líderes? Bem, é uma análise complicada, pois depende de cada regulamento que tivemos ao longo do Brasileirão (e foram muitos).

A rigor, a análise só foi feita por mim em anos que a competição tinha uma ou duas fases com no máximo dois grupos, além de obviamente dos últimos cinco anos de pontos corridos.

EDITADO: Como não ficou claro, estou explicando mais detalhadamente: Eu não considerei vitórias em 1° rodada e menos ainda a diferença no saldo de gols, por isto não coloquei o Grêmio de 2006 (2×0 no Corinthians), assim como o Internacional de 1985 (4×0 no América-RJ), 1976 (6×0 no Figueirense) ou ainda o Juventude (3×0 no Paraná em 1998)

Reiterando o que eu disse antes: Campeonatos com muitos grupos NÃO TEM COMO considerar “líder” sem cometer equívocos grosseiros. Se alguém achar outra informação diferente, me passe que eu acrescento (este post vai ficar em destaque um tempão)

Então, vamos aos resultados:

GRÊMIO LÍDER DO BRASILEIRÃO

2008 – Neste exato momento, o Tricolor completa quatro rodadas na liderança do Brasileirão 2008. Nos últimos quatro jogos foram duas vitórias como visitante (a histórica goleada de 7×1 sobre o Figueirense e o 1×0 no Coritiba), um empate (Palmeiras) e uma vitória em casa (domingo, 2×0 sobre o Vitória). 11 gols marcados e somente 2 gols sofridos.

São 35 pontos em 17 jogos, um excepcional aproveitamento para um time tão desacreditado no início da competição. Esta liderança encerrou um longo jejum sem ver o Grêmio líder por pontos. A imprensa alardeou que o Tricolor não era líder há 24 anos, mas errou. E feio.

1990 Sem considerar o triunfo gremista em 1996 (campeão brasileiro com mata-mata na fase final), o Tricolor liderou pela última vez no Brasileiro de 1990. Porém muitos se enganam por pensar que a liderança gremista foi ao final dos dois primeiros turnos, já que o Grêmio ficou com mais pontos que os demais. Isto não dava vantagem alguma, exceto jogar o segundo jogo em casa de uma possível decisão.

Naquela época, o regulamento era diferente do atual e também era diferente do utilizado entre 1996 e 2003, com uma fase inicial em turno único e mata-mata nas fases finais. O regulamento previa que campeões dos grupos A e B no turno e returno e mais os quatro que somassem mais pontos nos dois turnos, estariam nas quartas-de-final.

O Grêmio realmente liderou, mas somente na <

Postado por Perin, dizendo que isto deu trabalho para achar…