Daniel Carvalho, decepção de 2009 no Inter, veio

Hoje mais um caso comprovando a falta de profissionalismo de parte dos jogadores no futebol brasileiro. Semana passada, citei o caso do meia Marquinhos, ex-Vitóriae hoje no Palmeiras, que fingiu lesão para ser cortado da Seleção Brasileira Sub-20 e se apresentar no novo clube.

Hoje fiquei estupefato lendo uma entrevista da semana passada de Álbio Carvalho para o ClicRBS, pai do ex-jogador colorado Daniel Carvalho, que deixa bem claro a falta de comprometimento que o, agora ex-ídolo colorado, demonstrou quando aceitou voltar ao Internacional:

– O Daniel foi eleito por dois anos o melhor jogador da Rússia, tem um conceito muito grande lá. Só veio para o Brasil porque ele queria dar uma folga. Ele estava há quatro anos na Rússia, havia casado há pouco tempo e ganhou um filho. A ideia foi esta. Ele veio, cumpriu a parte dele, e agora vai retomar a carreira na Europa – explicou o pai do atleta.

Enquanto esteve em Porto Alegre, em péssima forma física e técnica, Daniel Carvalho foi visto incontáveis vezes na noite porto-alegrense ou na de Pelotas, quase sempre exagerando na “festa”. Inclusive em véspera de jogos e viagens do Internacional.

O resultado: um gol (de pênalti, na estréia no 1º Gre-Nal da Sul-Americana), três assistências mas péssimas atuações em campo. Isto sem contar com a ira da torcida colorada, que o recepcionou no aeroporto quando retornou ao futebol brasileiro, mas o vaiou na maioria dos jogos este ano no Beira-Rio.

Profundamente lamentável, perdeu totalmente o respeito que tinha entre os torcedores colorados.

 

Postado por Perin, irritado com esta falta de profissionalismo