Bermúdez, levantando a Libertadores em pleno Morumbi (2000)

Na última década, todos os times argentinos conquistaram 18 títulos. O Boca Juniors também! A última conquista veio de forma dramática, o Apertura`08 vencido em um Triangular Desempate contra o San Lorenzo e o Tigre.

Nos dez anos mais gloriosos da história do time de La Bombonera, o Boca se consagrou como uma das maiores potências futebolísticas do planeta, com conquistas que o equiparam às potências européias de Milan e Real Madrid.

Aliás, contra o time italiano, o Boca segue uma feroz disputa de quem tem mais títulos internacionais. Por enquanto, o resultado final é de empate: 18 a 18. O Milan, ao vencer o Mundial de Clubes em 2007 sobre o próprio Boca, ficou em vantagem mas o time argentino empatou de novo ao conquistar a Recopa Sul-Americana em 2008.

Porém os títulos do Boca Juniors são impressionantes por si só, a maioria conquistada sob o comando de Carlos Bianchi. Ex-craque e treinador do Vélez Sarsfield, que surpreendeu o planeta ao conquistar a Libertadores e a Copa Intercontinental em 1994, “El Virrey de Liniers” assumiu o time em 1998. De cara, foi bicampeão argentino, estabelecendo marca de 40 jogos invicto(recorde!) entre o Apertura 1998 e o Clausura 1999.

O Boca conquistou a Libertadores quatro vezes, e a Copa Intercontinental (em memoráveis partidas contra o Real Madrid e o Milan) duas vezes. Em toda esta sequência, são nove títulos para Bianchi, cinco para Alfio Basile, dois para Carlos Ischia (atual), um para Chino Benítez e outro para Miguel Angel Russo.

O Boca ainda se tornaria um algoz implacável dos brasileiros, eliminando times daqui sistematicamente desde a final da Libertadores de 2000 (Palmeiras) até as oitavas de final da Libertadores de 2008 (Cruzeiro). Entre os diversos times que amargaram eliminações (Cruzeiro, São Paulo, Santos, Vasco da Gama, Palmeiras (2), Paysandú e Corinthians), estão a dupla Gre-Nal.

O Internacional marchou com duas goleadas nas semifinais e quartas-de-final da Sul-Americana em 2004 e 2005, enquanto o Grêmio foi trucidado nas finais da Libertadores de 2007. O Fluminense, nas semifinais, foi o primeiro time brasileiro a derrubar o Boca em uma Libertadores em décadas (OBS: corrigi, afinal o Boca foi eliminado pelo São Paulo na Copa Sul-Americana 2007. Obrigado Alessandro e Daniel pela correção).

Na década atual, o Boca superou marcas como os 12 títulos do Independiente nos anos 60 e 70, e 10 títulos do River Plate nos anos 80 e 90, porém isto foi facilitado pelo fato do Campeonato Argentino ter duas edições anuais.

Nos últimos dez anos, somente o Bayern de Munique e o Porto conquistaram mais títulos que o Boca, mas a maioria destes títulos foi em competições nacionais (o Bayern só conquistou 1 título continental e 1 Intercontinental, enquanto o Porto levou uma Copa da UEFA, uma Liga dos Campeões e outra Intercontinental). Sem comparação.

Em todas estas conquistas, dois jogadores se destacam. Guilh

Postado por Perin, com dados do I.P.E.