Jô (E) e Robinho (D): contratações milionárias sem o retorno certo

O site Futebol Finance divulgou a lista das 10 maiores transferências européias na temporada 2008/09. Faltando menos de dois meses para o ano europeu acabar, já dá para termos um diagnóstico sobre qual foi o resultado das transferências.

Abaixo o que eu penso, e vale notar que poucos jogadores deram o retorno realmente esperado por seus clubes. É curioso perceber que dois já foram reemprestados e outro já foi revendido para o clube de origem!

1. Robinho (Manchester City / Inglaterra) – 43.000.000 €
Avaliação: NEUTRO – Robinho é o artilheiro do time, mas tem tido muita irregularidade assim como o Manchester City. Ambos muito abaixo do esperado, especialmente pelos valores envolvidos.

2. Dimitar Berbatov (Manchester United / Inglaterra) – 38.000.000 €

Avaliação: NEUTRO – Apesar de estar fazendo gols, o futebol de Berbatov não tem sido superior ao de Carlos Tévez, que está insatisfeito em seu banco.

3. Daniel Alves (FC Barcelona – Espanha) – 32.000.000 €
Avaliação: POSITIVO – O brazuca é um dos melhores jogadores da equipe, que tem dado show no futebol europeu e é o favorito ao título continental desta temporada.

4. Danny (Zenit St. Petersburgo / Rússia) – 30.000.000 €
Avaliação: POSITIVO – Apesar da forte desconfiança, o venezuelano naturalizado português e contratado como sucessor do astro Andrey Arshavin tem jogado muito bem. É a referência técnica do time. 

5. Ricardo Quaresma (Internazionale – Itália) – 24.600.000 €
Avaliação: NEGATIVO – Um fracasso rotundo, tal qual sua passagem pelo Barcelona. Tanto que, em menos de seis meses, foi emprestado ao Chelsea, aonde igualmente não se destacou.

6. Robbie Keane (Liverpool FC / Inglaterra) – 24.000.000 €
Avaliação: NEGATIVO – Tão mal que o Liverpool revendeu ao mesmo Tottenham Hotspurs seis meses depois. Keane `voltou para casa` e tem jogado bem mais que nos tempos de Anfield Road.

7. Jô (Manchester City / Inglaterra) – 24.000.000 €
Avaliação: NEGATIVO – Tão mal que o fraco e supervalorizado Jô foi emprestado ao Everton. Lá tem jogado muito bem e é um bom valor do segundo semestre europeu.

8. Amauri (Juventus / Itália) – 22.800.000 €
Avaliação: NEUTRO – Com uma lesão, Amauri tem tido uma fase ruim nesta reta final de Italiano. Mas fez um número considerável de gols no primeiro turno do Italiano e segue na polêmica sobre tua convocação ou não para a Seleção Brasileira.

9. David Bentley (Tottenham Hotspurs / Inglaterra) – 22.000.000 €
Avaliação: NEUTRO – O valor da negociação foi absurdo como normalmente ocorre entre jogadores ingleses de nível médio vendidos entre clubes do mesmo porte. Porém Bentley tem jogado bem e é um dos melhores jogadores do time.

10. Ronaldinho Gaúcho (AC Milan – Itália) – 21.000.000
Avaliação: NEGATIVO<!–

Postado por Perin, analisando os micos europeus da temporada..