Tinga vs. Fábio Costa & Wright vs. Nilis/Montagem TI RBS

O amigo Renato Fernandes me ligou hoje revoltado: até quando vão deixar o Fábio Costa fazer o que ele faz nas saídas de gol? E ele tem razão, o goleiro santista, famoso pelo pavio curto e por confusões dentro e fora dos gramados, ontem deu uma de suas habituais `saídas kamikaze` direto no joelho do lateral-esquerdo Gustavo Néry no jogo Santo André 3×3 Santos.

O pior de tudo é que o fraco Luiz Flávio de Oliveira não deu pênalti! Ele deu tiro de meta, prejudicando escandalosamente o time do Santo André, que naquele momento perdia por 2×1. Gustavo Néry ficará dois meses afastado dos gramados e disse que Fábio Costa foi desleal no lance. Vejam o lance:

http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf

Aliás, este lance foi muito parecido com o célebre incidente no jogo Corinthians 1×1 Internacional, pelo Campeonato Brasileiro de 2005 quando o colorado Tinga levou uma entrada (até menos violenta) muito parecida de Fábio Costa, então no time da capital paulista. Naquele dia, Márcio Rezende de Freitas além de também não ter dado pênalti, expulsou Tinga por `simulação. Ah, a ironia do destino: naquele dia, Gustavo Néry jogava no Corinthians…

Sim, é verdade que alguns goleiros já morreram devidos a choques na cabeça e coluna em saídas arrojadas nos pés de atacantes. Porém o que ele faz é irresponsável. Por uma entrada muito menos violenta que esta, o goleiro Richard Wright acabou com a carreira do avante belga Luc Nilis, o melhor companheiro de ataque que Ronaldo Nazário já teve (segundo o próprio!).

Está mais do que na hora do Fábio Costa ser expulso a cada incidente parecido. Falta rigor, profissionalismo e justiça no inconfiável Supremo Tribunal de Justiça Desportiva.

Como sempre.

Postado por Perin, lamentando que isto continue ocorrendo…