Atualizando com os dados da venda de Nilmar, em um total de 15 milhões de euros. Destes, 11 milhões foram para o Internacional, o que totaliza 28 milhões de reais. Assim, o atacante colorado se torna o segundo jogador gaúcho mais caro de todos os tempos, superando Fábio Rochemback e atrás somente de Alexandre Pato.

Nilmar, segundo jogador mais caro da história do futebol gaúcho/AP

Das dez maiores negociações, as três primeiras são coloradas e apenas três são tricolores. Lucas, Anderson e Carlos Eduardo são os representantes gremistas, enquanto Rafael Sóbis, Lúcio e Christian completam a lista de colorados. Curiosamente, Nilmar aparece nas duas vendas, em 2004 e 2009.

O Grêmio erra ao não priorizar atacantes. Além da polêmica transferência de Ronaldinho, apenas Anderson e Carlos Eduforam grandes talentos ofensivos revelados no Olímpico e os dois estão na lista. Já o Inter prefere apostar em atacantes, com maior valor potencial de venda, e isto faz diferença.

Vale ressaltar que TODOS os negociados abaixo são frutos das categorias de base: todos jogaram nos juniores e a maioria jogou no juvenil antes de chegar ao profissional.

Vejam os dados:

Jogador – Origem – Destino – Ano – Valor da negociação (em reais na cotação da época – valor em dólares/euros na época) –

OBS: Vale ressaltar que se o balanço fiscal do ano posterior indicar um valor diferente eu irei ajustar aqui.

1º) Alexandre Pato – Internacional -> MilanITA – 2007 – 49 milhões de reais – 14 milhões de euros

2°) Nilmar – Internacional -> Villarreal-ESP – 2009 – 38,7 milhões de reais (o Inter recebeu 70% deste valor) – 16 milhões de euros

3º) Fábio Rochemback – Internacional -> Barcelona-ESP – 2001 – 26,8 milhões de reais – 12 milhões de euros

4º) Rafael Carioca – Grêmio -> Spartak Moscou-RUS – 2009 – 25,8 milhões de reais – 8 milhões de euros (Grêmio recebeu 60%)

5º) Lucas – Grêmio -> Liverpool-ING – 2007 – 24,5 milhões de reais (Grêmio recebeu 80%) – 9 milhões de euros

6º) Rafael Sobis – Internacional -> Real Betis-ESP – 24,3 milhões de reais (Inter já tinha vendido 50%, recebeu somente 25% deste valor) – 9 milhões de euros

7º) Nilmar – Internacional -> Olympique Lyon-FRA – 21 milhões de reais  (Inter recebeu 100% do valor) – 5,75 milhões de euros

8º) Anderson – Grêmio -> Porto-POR – 2005 – 20,7 milhões de reais (Grêmio vendeu primeiramente 70% por 5 milhões de euros, depois 30% por 3,2 milhões de euros)

9°) Christian – Internacional -> Paris Saint-Germain-FRA – 1999 – 17,8 milhões de reais – 10 milhões de dólares, 70% do Inter

10º) Carlos Eduardo – Grêmio -> Hoffenheim-ALE  – 2007 – 16,8 milhões de reais (o Grêmio recebeu posteriormente 1 milhão de euros pelo cumprimento de duas cláusulas, mas não pertencentes à negociação original)