O insucesso do Internacional no segundo turno do Brasileiro muito tem a ver com seu baixo aproveitamento ofensivo. Desde a saída de Nilmar, foram 36 gols em 22 jogos, média de 1,63 gols por partida desde a venda para o Villarreal no dia 24 de julho.

Os números são ainda piores no returno, quando o Colorado fez apenas 19 gols em 13 jogos, apenas o 10º ataque desta fase. Muito pouco, considerando que foi o melhor ataque (e melhor time) do primeiro turno.

Os números de Taison são terríveis: nenhum gol no segundo turno, apenas quatro no Brasileiro. Nos últimos 36 jogos, Taison jogou 28 partidas com apenas três gols marcados. Destes 28 jogos, começou 4 no banco e só não foi substituído em 4 jogos.

Ou seja, é um titular do ataque que, em 24 partidas fez apenas três gols (e só um deles quando começou jogando, contra o Santo André na última rodada do primeiro turno, seu último gol).

Lista de jogos: 19 jogos, 13 gols no returno. Desde a saída de Nilmar, foram 36 gols em 22 jogos.

Botafogo

3 x 2 Internacional

Internacional 3 x 2

Barueri

Internacional 3 x 0

Sport

Santo André 0 x 2

Internacional

Internacional 1 x 2

Corinthians

Palmeiras 2 x 1

Internacional

Santos 3 x 3

Internacional

Internacional 4 x 0

Goiás

Internacional 3 x 0

Atlético-MG

Avaí 0 x 2

Internacional

Internacional 2 x 3

Cruzeiro

Vitória 2 x 0

Internacional

Internacional 0 x 0

Flamengo

Coritiba 2 x 0

Internacional

Internacional 3 x 1

Náutico

Internacional 1 x 1

Atlético-PR

Fluminense 2 x 2

Internacional

Internacional 1 x 0

Grêmio

São Paulo 1 x 0

Internacional