Na pista mais incompreensível da história do automobilismo mundial, o GP dos Emirados Árabes fechou a temporada 2009 em uma síntese de pelo menos metade das corridas deste ano na Fórmula-1: uma chatice só. O que é inaceitável é que a pista de Abu Dhabi, lindíssima, chique até sair dos limites, é NOVA!

Não é possível que ninguém veja uma pista tão chata quanto Abu Dhabi possa sair de um projeto novo. E nem vem com esta de “todos os autódromos” do Hermann Tike são assim, pois Shanghai tem uma curva inclinada, Kurtkoy na Turquia tem aquela sequência de curvas de alta sensacionais e mesmo Sepang tem um cotovelo que gera muitas ultrapassagens.

Em uma prova chatíssima, o favoritaço Lewis Hamilton abandonou pela primeira vez na carreira, após 51 GP’s, por causa de problemas mecânicos. Sendo assim, a vitória caiu de bandeja para Sebastien Vettel, que levou ainda o vice-campeonato de pilotos. Seguido por Mark Webber na prova e pelo campeão Jenson Button, que protagonizou lances legais nas últimas três voltas. Errando na largada, Rubens Barrichello se despediu da Brawn GP em uma obscuro 4° lugar.

Lista completa de prêmios aqui:
ALMANAQUE ESPORTIVO – PREMIAÇÕES ESPECIAIS F-1 2009

Troféu “Jim Clark” – Para Sebastien Vettel, que dominou a prova e mereceu a vitória. Menção honrosa para Lewis Hamilton, que provavelmente venceria se não fosse a quebra, e para o japa Kamui Kobayashi, provando que os esforços de Interlagos não foram uma exceção à regra. 

Troféu “Rouge & Blanc” – Alguém mereceu? Talvez só Kubica e Button por um esforço ao longo da prova

Troféu “Didi Mocó Prize For Technical Achievements” – Para a patética parada de boxes de Jamie Alguesuari, que simplesmente errou de boxes e quase atrapalhou o Vettel.

Troféu “Chris Amon” – Para Lewis Hamilton, que deu azar e quebrou pela primeira vez na carreira.

Troféu “Fiofó de Ouro” – Para Vettel, que escapou ileso da parada nos boxes errada de Alguesuari e ainda contou com a quebra de Hamilton para não ter problemas.

Troféu “Dick Vigarista” – Para Giancarlo Fisichella, que jogou Grosjean para fora da pista na única prova que o francês não rodou.

Troféu “Porquê eu não fiquei com minha boca fechada” – Todo mundo comportado

E assim se encerra a temporada 2009 da Fórmula-1 e das Premiações Especiais do Almanaque Esportivo.

Ano que vem tem mais!