Que Carlos Simon vive a pior fase da carreira, ninguém tem dúvidas. Seu erros crassos nos últimos anos já lhe tiraram inclusive da lista dos melhores árbitros do Campeonato Brasileiro. Por quatro anos seguidos, o juiz escolhido é Leonardo Gaciba e eventualmente Simon não é sequer indicado.

Nas Eliminatórias para o Mundial de 2010, Simon já prejudicou mais de um time com erros grosseiros de arbitragem. A torcida do Brasiliense até hoje lamenta a catastrófica arbitragem de Simon no primeiro jogo da final da Copa do Brasil 2002 contra o Corinthians. Na Copa do Brasil 2009, o jogador Fred, do Fluminense não foi expulso por uma voadora em William, do Corinthians.

Outro erro clamoroso foi na final do Campeonato Cearense. No jogo Ceará x Fortaleza, na final do Campeonato estadual, o atacante Edu Sales tropeça sozinho e Carlos Simon dá um pênalti inacreditável, chamado de ‘pênalti fantasma’.

Nos últimos Gre-Nais, o outrora melhor árbitro indiscutível do Brasil sempre cometeu erros grosseiros, como não expulsar Réver por falta profissional e marcar impedimento de Jonas no mesmo jogo, o Gre-Nal de Erechim pelo Gauchão 2009.

Site oficial do Palmeiras repete presidente Luis Gonzaga Belluzzo e se revolta com o árbitro gaúcho.

Porém no jogo Fluminense 1×0 Palmeiras, Simon e seus auxiliares se superaram. Para começar, o gol anulado de Obina. Um dos lances mais inacreditáveis da história do futebol brasileiro.Vejamos:

1º) Foi falta de Maicon em Obina. Ou seja pênalti

2º) Ainda assim, Obina conseguiu marcar. Gol legítimo.

3º) Não satisfeito, Simon viu uma falta de ataque absurda.

Houveram outros dois erros. Em um deles, o bandeirinha Altemir Hausmann, um dos melhores, simplesmente se omitiu de expulsar Allan, que deu uma cabeçada no supercílio de Pablo Armeiro. A menos de 5m de distância do assistente.

Mais um erro grosseiro foi o pênalti claro de Gum em Danilo. Este é o único lance que os palmeirenses não devem reclamar tanto, pois Danilo fez uma entrada criminosa no jogo passado contra o Corinthians e deveria ter sido expulso. Ou seja, não era para estar em campo ontem.

Como sei como funciona as politicagens da CBF, é óbvio que Simon não será removido da lista dos indicados para o Mundial 2010.

Aliás, em jogos de Copa do Mundo o árbitro já cometeu erros feios: não deu pênalti para Gana no jogo Itália 2×0 Gana, quando o jogo estava 1×0 em 2006, e repetiu o erro contra a Suécia no jogo Suécia 1×1 Inglaterra, jogo do Mundial 2002.

Então muito provavelmente vai manter o nível de arbitragens catastróficas que tem protagonizado no futebol brasileiro.

Infelizmente.