Abaixo minha seleção do Campeonato Brasileiro 2009, com algumas considerações extras.

Mandem a de vocês!!!!

Goleiro: Victor (Grêmio)
Lateral-direito: Léo Moura (Flamengo)
Zagueiro: Miranda (São Paulo)
Zagueiro: Réver (Grêmio)
Lateral-esquerdo: Júlio César (Goiás)

Volante pela direita: Pierre (Palmeiras)
Volante pela esquerda: Guiñazu (Internacional)

Meia-direita: Diego Souza (Palmeiras)
Meia-esquerda: Petkovic (Flamengo)

Primeiro atacante: Diego Tardelli (Atlético-MG)
Segundo atacante: Adriano (Flamengo)

Treinador: Silas (Avaí)
Revelação: Giuliano (Inter)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)

Surpresa da competição (time): Avaí – de possível rebaixado a quase Libertadores
Decepção da competição (time): Sport – da Libertadores para a lanterna e rebaixamento

Surpresa da competição (jogador): Petkovic – contratado pelo jurídico para abater dívida, se tornou o pilar da recuperação do Flamengo aos 37 anos.
Decepção da competição (jogador): Vágner Love – Contratado por um valor expressivo, fez apenas 4 gols (2 de pênalti) em 10 jogos e teve rendimento ruim. Acusado de estar na ‘balada’.

Surpresa da competição (técnico): Andrade, de interino a possível campeão brasileiro, virtualmente na Libertadores 2010
Decepção da competição (técnico): Paulo Autuori no comando do Grêmio, com rendimento pior que Celso Roth no ano anterior com time inferior

Melhor jogo: Santos 3×4 São Paulo, 2º turno
Pior jogo: Fluminense 0x0 Botafogo, 2º turno
Jogo mais dramático: Corinthians 2×3 Náutico – Virada nos últimos cinco minutos, fora de casa e com um jogador a menos.

Melhor arbitragem: Sandro Meira Ricci em Botafogo 3×2 São Paulo
Pior arbitragem: Djalma Beltrami em Santos 2×3 Atlético-MG

Sarrafo da temporada: Fábio Costa sobre Gustavo Néry, Santo André 3×3 Santos, 1º turno
Golaço da competição: Nilmar em Corinthians 0x1 Internacional, 1º turno