Um dos templos sagrados do futebol mundial está completando 100 anos neste dia 19 de fevereiro. O mítico Old Trafford, conhecido pela alcunha de “Theater of Dreams” (“Teatro dos Sonhos”) está comemorando seu primeiro centenário nesta sexta-feira. Hoje o símbolo do multinacional, poderoso, multicampeão United, é um dos maiores e melhores estádios do mundo, em especial do futebol europeu. 

Old Trafford: 100 anos de história – reprodução site www.manutdbr.com

Inaugurado em 1910 em um jogo que o Manchester United saiu vencendo por 3×0 antes de levar 4×3 do arquirrival Liverpool, o Old Trafford não é mais a sombra daquele estádio que comportou 45 mil torcedores, a maioria em pé, e que substituia o acanhado Bank Street, primeira sede do clube. Já naquela época, o Old Trafford era um estádio modelo no então incipiente futebol profissional do século XX. 

Um fato bastante interessante ocorreu na Segunda Guerra Mundial. Já com cobertura e capacidade de quase 50 mil torcedores, o estádio foi requisitado como depósito militar pelo Governo Britânico. Os alemães bombardearam ele duas vezes: na primeira em 1940, os danos foram moderados, mas comportados. Porém na segunda, em 11 de março de 1941, praticamente todo o estádio foi destruído. Somente em 1949, com muito esforço do clube e uma parte dos recursos provenientes de fundos de compensação por danos de guerra, o United voltou a jogar em casa. 

Old Trafford hoje: o “Theater of Dreams” tem capacidade de 76 mil torcedores!
O estádio de lá para cá foi ampliado para 59 mil torcedores, depois 67 mil (final dos anos 90) e hoje tem capacidade oficial de 75.957, sendo o 11º maior da Europa e só perdendo para o estádio nacional de Wembley na Inglaterra. A taxa de ocupação em jogos do Manchester é soberba, superando os 99,9% (em 2006/07 a média no Campeonato Inglês foi de 75.826 torcedores por jogo).

O maior público é do jogo Manchester United. O estádio deve ser expandido para até 95 mil torcedores até o final desta década, se tornando o maior do país. Com tamanha taxa de ocupação, a fila de espera para se tornar um “season ticket holder” (sócio com ingresso garantido) tem passado facilmente dos quatro anos.

Mais detalhes no site www.manutdbr.com, com um belo especial da equipe comandada pelo grande parceiro Daniel Martins & Cia (@manutdbr no twitter)