A classificação automática para o Mundial de Clubes da FIFA ainda é comemorada pelo Internacional. O fato de enfrentar o Chivas Guadalajara, clube do México que por sua vez é filiado à CONCACAF e não à CONMEBOL, garante ao time gaúcho a ida para o Mundial dos Emirados Árabes, em dezembro na capital Abu Dhabi mesmo se for vice-campeão.

Porém o Internacional ainda não pode se considerar garantido na Libertadores 2011 tampouco na Recopa Sul-Americana deste mesmo ano. Para obter estas duas classificações, será necessário conquistar o bicampeonato da América.

A explicação da Recopa é simples: o campeão da Libertadores joga com o campeão da Sul-Americana seja quem for. Inclusive já  tivemos o Pachuca (time mexicano) na final da Recopa 2007 (coincidentemente contra o próprio Inter), vencedor da Copa Sul-Americana 2006.

Para a Libertadores, a explicação é mais complexa. O campeão automaticamente tem vaga no ano seguinte, e obtendo o título, o Inter está classificado. Porém se o Chivas fosse campeão, o Inter estaria classificado caso o time de Guadalajara tivesse obtido vaga na Liga dos Campeões da CONCACAF. Quem disputa este torneio não pode disputar a Libertadores no mesmo ano.

Porém os quatro times que irão defender o México na competição serão: Monterrey, Santos Laguna, Cruz Azul e Toluca. Sem esta vaga o Chivas está na Libertadores 2011 caso vença a Libertadores deste ano.

Quem levantou esta questão e me concedeu informações via twitter foi o seguidor @paulofinatto.

EDITADO: alguém tem mais informações?