Alecsandro e Kléber são os destaques da artilharia do Internacional em 2010. Os números de 2010 do Colorado são bons e deixam o clube bem no Campeonato Brasileiro (em 4º lugar com 31 pontos em 18 jogos), além da obviedade do título da Copa Libertadores.

Muito menos espetaculares que os de 2009, mas os resultados são melhores: o Colorado foi campeão da Libertadores neste ano enquanto em 2009 foi vice da Copa do Brasil e Campeão Gaúcho. Para vocês terem uma idéia,  no mesmo 54º jogo de 2009, o Colorado tinha absurdos 122 gols marcados e 50 gols sofridos. Este ano, tem quase 40 gols a menos e 5 gols sofridos a mais.

Mesmo lesionado, o contestado Alecsandro já tem 20 gols e lidera isoladamente a artilharia vermelha. Ele é seguido, bem de longe, por Giuliano, o talismã da Libertadores e que já marcou 11 vezes neste ano. Em terceiro lugar, Leandro Damião que fez quatro gols nos últimos seis jogos, já está com 8 gols.

Nas assistências, Kléber deu quatro passes para gol nos últimos seis jogos e superou D’Alessandro e Andrezinho, que até então lideravam este quesito. Os números de Kléber superam a temporada 2009.

Como curiosidade, o pavoroso aproveitamento em cobranças de falta diretas: apenas um mísero gol em todo o ano. Foi na 12º partida contra o Santa Cruz pelo Gauchão, há mais de sete meses e marcado por Kléber. Em 2009 foram oito gols de falta, divididos entre Andrezinho e D’Alessandro.

Impressionam ainda os números de Celso Roth: são 15 jogos (4 deles com time reserva), 10 vitórias, 3 empates e apenas 2 derrotas. 20 gols marcados e 11 sofridos. O time titular jogou 11 vezes com 7 vitórias, 3 empates e 1 única derrota (contra o São Paulo na semifinal da Libertadores).

Confiram os números

Artilharia e Assistências do Inter em 2010 - Arquivo Pessoal

  • Jogos: 54
  • Vitórias:31
  • Empates: 11
  • Derrotas: 12
  • Gols pró: 87
  • Gols contra:55
  • Saldo: +32