Select Page

Mês: maio 2011

Manchester United vs. Barcelona, round IV – Final da Liga dos Campeões de 2009

Em 2009, Manchester United e Barcelona fizeram o confronto direto mais importante de suas histórias. De um lado, o time inglês, já tricampeão e buscando ser o primeiro time campeão consecutivo da Liga dos Campeões, desde o início do novo formato em 1993. Do outro, o gigante catalão buscando o tricampeonato europeu. Mais do que isto, a Tríplice Coroa, pois já havia obtido o título espanhol e da Copa do Rei. A decisão seria no majestoso estádio Olímpico de Roma. Como atual campeão, teoricamente o time inglês seria o favorito. Porém não era isto que ocorria naquele time. Com Cristiano Ronaldo praticamente de saída (isto se confirmaria 2 meses depois), o time carecia de conjunto, tinha problemas com lesões e uma fase ruim de boa parte dos titulares.Michael Carrick e Anderson, que então jogava de volante, viviam um momento muito ruim. Depois de uma primeira fase irregular, líder com 2 vitórias e 4 empates contra o Villarreal (Espanha), Aalborg (Dinamarca) e Celtic Glasgow (Escócia), o Manchester embalou na fase de mata-mata: despachou Internazionale, Porto (com direito a um gol histórico de Cristiano Ronaldo) e o arquirrival Arsenal com uma goleada nas semifinais de 4×1. Já o Barcelona, em seu primeiro ano sob comando de Pep Guardiola, tinha um time que encantava a cada jogo e era o favorito dos torcedores e da imprensa. Em uma fase brilhante, o argentino...

Leia Mais

Venezuelano sofre acidente fortíssimo na Indy Lights em Indianápolis

O venezuelano Jorge Gonçalves escapou ileso de uma batida violenta na corrida desta sexta-feira pela Indy Lights em Indianápolis. Faltando sete voltas para o final, Gonçalves  disputava posição com Anders Krohn e Bryan Clauson, quando Krohn perdeu o controle e rodou. Para desviar do companheiro de equipe, Gonçalves reduziu e desviou, perdendo o controle do carro e batendo espetacularmente no muro interno do circuito.Por algum milagre, Gonçalves não se machucou. A prova foi vencida pelo norte-americano Josef Newgarden.  Vejam as imagens: [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=fMY2od5R7kA&w=560&h=390] Minha memória recordou outro acidente, este de triste lembrança. Nas 500 milhas de Indianápolis de 1973, o piloto Swede Savage perdeu o controle e bateu na mureta interna da pista, tal qual ocorreu com Gonçalves.Porém o resultado foi catastrófico, o carro explodiu no choque e se desintegrou. Um mecânico de sua equipe, Armando Teran, saiu correndo para ajudar mas foi atropelado por um caminhão de bombeiros e morreu imediatamente. Savage liderava a prova naquele momento. Milagrosamente, ele saiu da pista consciente mas com várias lesões. No hospital, recebeu uma transfusão de plasma contaminado e desenvolveu Hepatite-B. Savage, de 27 anos, morreu de falência do fígado 33 dias depois do acidente....

Leia Mais

Manchester United vs. Barcelona, round III – Os épicos jogos de 1994, 98 e 2008

Depois de contar dois mata-matas nos quais o Manchester United venceu o Barcelona, agora iremos contar a história de jogos bem mais recentes. O primeiro na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa 1994/95, quando o Barça empatou em 2×2 no Camp Nou e surrou o Manchester por impiedosos 4×0 no Camp Nou. Depois, empates em 3×3 na temporada 1998/99. E por último, as semifinais da Liga na temporada 2007/08. 1994/95 – LIGA DOS CAMPEÕES DA EUROPA O Barcelona ainda lambia as feridas da derrota na final da Liga anterior, quando perdeu para um destroçado Milan (muitos desfalques) por 4×0. Ainda com Romário e Hristo Stoichkov, o time espanhol saiu atrás com um gol de Hughes. Mas no primeiro tempo, o “Baixinho” Romário empatou em jogada de alta velocidade. No segundo tempo, Bakero fez 2×1 e parecisa selar a vitória dos visitantes. Porém um gol espetacular de Lee Sharpe, de letra, selou o empate em Old Trafford. Veja os gols: http://www.youtube.com/watch?v=21Z6CVFOSrY No segundo turno daquela fase de grupos, o Barcelona trucidou o United. Enfiou estrondosos 4×0 sem nenhuma apelação, em um ‘vareio de bola’ no Camp Nou.  Sem Peter Schmeichel e Eric Cantona (na época apenas 1 estrangeiro era permitido), o Manchester já levou 2×0 no primeiro tempo, gols de Stoichkov e Romário. Na etapa complementar, o búlgaro fez mais um antes que Albert Ferrer completasse o...

Leia Mais

Manchester United vs. Barcelona, round II – Final da Recopa Europeia em 1991

Continuando a série preparatória para a decisão da Liga dos Campeões da Europa, sábado entre Manchester United e Barcelona, vamos viajar no tempo até 1991. Depois de contarmos a história do jogo de 1984, pelas quartas-de-final da Recopa, vamos recordar a decisão entre estas duas equipes há exatos 20 anos, pela mesma Recopa (hoje extinta). De um lado, o Barcelona que iniciava uma trajetória que lhe deixaria no topo do futebol europeu em menos de uma temporada. Já comandada pelo gênio inquieto do holandês Johan Crujff, o Barça tinha o talento do zagueiraço Ronald Koeman, a classe superior do dinamarquês Michael Laudrup e o oportunismo do artilheiro Julio Salinas. Faltavam ainda os craques Hristo Stoichkov e Romário, que chegariam na temporada seguinte. Já o Manchester United no início de sua fase vitoriosa, já possuía a espinha dorsal defensiva de Dennis Irwin, Gary Pallister e Steve Bruce. No meio, a categoria de Bryan Robson e o dinamismo de Paul Ince, e no ataque a eficiência do galês Mark Hughes. O treinador já era Alex Ferguson. O jogo único foi disputado no belo De Kuip, estádio do Feyenoord em Roterdã-HOL. Era a primeira decisão de um time inglês após os cinco anos de suspensão de todas as competições europeias após o massacre de Heysel, quando dezenas de torcedores da Juventus morreram após distúrbios com a torcida do Liverpool. Cercado de um colossal...

Leia Mais

Manchester United vs. Barcelona, round I – Recopa Europeia de 1984

De hoje até sábado, vamos contar aqui no Almanaque Esportivo a história de duelos históricos entre Manchester United e Barcelona, finalistas da Liga dos Campeões da Europa em Londres. A capital inglesa receberá dois tricampeões europeus, e somente um obterá o tetra da Liga. Estas duas equipes já se enfrentaram em finais européias (Recopa em 1991, Liga dos Campeões em 2009), e tiveram duelos épicos nas temporadas de 1984, 1994, 1999 e 2008. Serão estas histórias a serem contadas a partir de agora, na contagem regressiva da grande decisão no templo sagrado de Wembley. A primeira história é uma das mais marcantes. Pelas quartas-de-final da Recopa Europeia, competição extinta que reunia os campeões das copas nacionais de cada país, Manchester United e Barcelona se enfrentaram na Espanha e depois na Inglaterra. De um lado, o Barcelona com os astros Bernd Schuster e Diego Maradona. Do outro, um time que tinha os talentos de Bryan Robson e Norman Whiteside. No primeiro jogo, o Barcelona enfiou 2×0 no Camp Nou lotado. Porém o resultado não fez jus à partida, pois o United jogou bem e merecia melhor sorte. Tanto é que os gols foram de Graeme Hogg (contra) e  Rojo, já nos acréscimos. Sendo assim, a confiança dos quase 60 mil torcedores do United no jogo de volta era grande. Todos confiavam em uma grande atuação de Robson, conhecido também como...

Leia Mais