O brasileiro Maicosuel, ex-Botafogo e Palmeiras, foi protagonista da rodada de hoje no futebol europeu. Infelizmente pelo lado negativo. sUA Udinese foi eliminada nesta terça-feira da Liga dos Campeões da Europa pelo Braga, na terceira e última fase classificação para a rentável etapa de grupos.

O time italiano, jogando em pleno estádio Friuli, empatou em 1×1 com o adversário português, gols de Pablo Armero (também ex-Palmeiras) para a Udinese e Rúben Micael para o Braga. Como foi o mesmo resultado da partida de ida, a decisão foi para as penalidades, vencida pelos visitantes por 5×4.

O único a não converter sua cobrança foi Maicosuel. Na terceira série, o meia-atacante tentou bater de cavadinha, aquela mesma inventada pelo tcheco Antonín Panenka em 1976, e o goleiro Beto pegou no meio do gol, em pé e sem fazer esforço. Vejam o replay da bobagem:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Vaa5QHgnd-Y&w=520&h=315]

Cada um dos 32 participantes da primeira fase tem 8 milhões de euros garantidos, mais premiações variáveis de 870 mil euros por vitória e 472 mil euros por empate. Isto sem contar patrocínios eventuais por jogo e as polpudas bilheterias dos times com grandes estádios, como Manchester United, Barcelona, Real Madrid, Borussia Dortmund ou Arsenal. Para piorar, a Itália agora pode perder a 4º posição no ranking da UEFA justamente para Portugal, além da 5º posição para os franceses.

Perceberam o tamanho do prejuízo que a falta de noção de um jogador recém-contratado causou ao seu novo clube?

E o mais bizarro é que não foi a 1º vez. Na Copa do Brasil de 2009, o Botafogo foi eliminado pelo Americano nos pênaltis e Maicosuel também foi o único a errar a cobrança: fingiu uma paradinha e chutou na trave, revejam:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=DCQSMIu2y0o&w=420&h=315]

Depois não sabem porque o jogador brasileiro sempre vale menos que o argentino quando é comprado diretamente aqui da América do Sul…

VEJA TAMBÉM