O Doncaster Rovers se sagrou campeão da League One, a Terceira Divisão Inglesa, de maneira inacreditável neste sábado. O time chegou na rodada em segundo lugar, atuando fora de casa contra o Brentford no centenário Griffin Park em Londres. O time do norte da Inglaterra estava na iminência de perder a promoção automática (garantida aos dois primeiros colocados da divisão) em uma cobrança de pênalti contra seu adversário direto. Era só Marcello Trotta converter o pênalti marcado já nos segundos finais da partida.

O jovem atacante italiano, emprestado pelo Fulham e de apenas 20 anos, resolveu assumir uma responsabilidade que não era sua, “se consagrar”. Mas deu tudo errado: Trotta chutou no travessão e, com um gol no contra-ataque do lance,  James Coppinger aproveitou o atônito Brentford e marcou para os Rovers, dando a vitória por 1×0 e o título para o time de Yorkshire.

A sequência, de pouco menos de um minuto, é desesperadora:

Para entender melhor, vejam a situação antes do jogo:

  1. Bournemouth- 82 pontos – Promovido à Segunda Divisão matematicamente
  2. Doncaster Rovers – 81 pontos – Promovido à Segunda Divisão
  3. Brentford  – 79 pontos – Nos playoffs entre o 3º e o 6º colocados, valendo uma vaga na Segunda Divisão

Se a cobrança fosse convertida por Marcelo Trotta:

  1. Bournemouth – 83 pontos  – Promovido à Segunda Divisão
  2. Brentford – 82 pontos – Promovido à Segunda Divisão
  3. Doncaster Rovers – 81 pontos – Nos playoffs entre o 3º e o 6º colocados, valendo uma vaga na Segunda Divisão

Como ficou no final, com o gol no contra-ataque:

  1. Doncaster Rovers – 84 pontos – Campeão e promovido à Segunda Divisão
  2. Bournemouth – 83 pontos – Vice-Campeão e promovido à Segunda Divisão
  3. Brentford – 79 pontos – Nos playoffs entre o 3º e o 6º colocados, valendo uma vaga na Segunda Divisão

_67289813_67289812

Isto obviamente me lembrou os instantes a seguir da cobrança de Ademar defendida por Galatto, até o gol de Anderson que deu o título da Série B para o Grêmio (se o jogo terminasse em empate, o Grêmio subia mas o título iria para o Santa Cruz).