Select Page

Mês: novembro 2013

Pelo Chile em 2013, Vargas tem média de gols 4x maior que no Grêmio

O atacante gremista <strong>Eduardo Vargas</strong> fez o gol do Chile na derrota ontem de 2×1 para o Brasil e novamente teve uma ótima atuação. O chileno fez cinco gols em cinco jogos por seu selecionado nacional em 2013, média de<strong> um por partida</strong>. Em fevereiro, fez gol na vitória de 2×1 contra o Egito em Madrid. Em abril, marcou o gol de empate no 2×2 contra o Brasil em Belo Horizonte. Marcou duas vezes contra a campeã mundial Espanha em Genebra. Ficou em branco mas teve atuação excelente na vitória de 2×0 sobre a Inglaterra em Wembley mês passado, além do gol de ontem em Toronto, no Canadá. Os números e os gols importantes contra grandes seleções deixam claro a qualidade do chileno, que joga recuado em sua seleção. E acabam frustrando os gremistas, que viram Vargas chegar com o status de melhor jogador das Américas em 2011. O chileno fez apenas 8 gols em 36 partidas, sendo titular por períodos bem curtos na temporada. Pior: errou o gol que classificaria o Grêmio nos acréscimos contra o Independiente Santa Fé na Libertadores. A média de Vargas (0,22 gols por joog) é melhor que a de Kléber (0,14) e Barcos (0,21), mas ainda assim abaixo do esperado para um jogador com status de estrela no futebol sul-americano. Vargas, que custa muito caro em salários e também em percentual do passe,...

Leia Mais

SENSACIONAL: Time romeno troca de lugar com a torcida para agradecer ajuda financeira!

Simplesmente maravilhoso. O UT Arad, modestíssimo time da Segunda Divisão da Romênia, atravessa grave crise financeira. Sem dinheiro, com salários atrasados, os jogadores estão recebendo ajuda financeira da torcida, que tem bancado parte da alimentação na cantina do clube e até mesmo emprestando apartamentos para os atletas morarem. Depois do empate em 0x0 com o Bihor Oradea, os jogadores do UT Arad resolveram homenagear aqueles que tem um amor incondicional pela equipe: a torcida. Comandado pelo capitão George Neagu, os atletas foram até os torcedores e pediram para eles entrarem no campo, trocando de lugares. Nas arquibancadas, ainda de uniforme de jogo, os atletas do UT Arad cantaram músicas e o hino do time. E, depois, cantaram música contra os donos do clube! Vejam: [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=SwqYCGT9zFQ&w=560&h=315] O UT Arad é o 11º colocado (de 12 times) com apenas 9 pontos em 12 partidas até agora na Série B da...

Leia Mais

Moreno prova que é melhor que Barcos! Ao menos nas promessas…

Na sua chegada ao Grêmio, o atacante argentino Hernán Barcos fez uma aposta: faria 28 gols na temporada 2013, e por isso usaria a camisa 28 ao longo deste ano. Estamos em meados de novembro e a promessa naufragou (ops): Barcos fez míseros 12 gols na temporada em 54 rodadas, média de 0,22 gols por jogo . O desempenho recente é ainda mais desolador: 1 gol em 17 jogos, 3 gols nas últimas 24 partidas. E isso nos faz lembrar de outra “promessa”, de Marcelo Moreno em abril. Na ocasião afastado do elenco principal, o centroavante boliviano disparou: “duvido que façam os 22 gols que eu fiz em 2012”. A declaração, que pegou obviamente muito mal no elenco, acabou se concretizando: com 12 gols, Barcos é o principal artilheiro e está longe demais desta marca. Somando-se os gols de Barcos e Kléber (que fez sete), ainda assim bem longe dos números de Moreno: 19 contra 22… Aliás, os números em geral do ataque do Grêmio são tenebrosos: 53 gols em 50 jogos em competições importantes como Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Na Copa do Brasil então foi um desastre: 2 gols em 6 jogos. Definitivamente, 2013 é um ano para esquecer para os atacantes...

Leia Mais

Com poder econômico menor, Atlético de Madrid busca milagre para romper polarização

Por Daniel Machado* – @danielimprensa Campanha extraordinária, com 11 vitórias e uma derrota em 13 partidas. São 34 pontos de 39 pontos disputados. Aproveitamento de 87,17%. Desempenho praticamente perfeito que deixa o time na liderança e, por que não, mostra um favoritismo ao título da temporada. Certo? Bom, não na Espanha. Não para o Atlético de Madrid. Esse é o quadro que a equipe colchonera, como é conhecido o Atlético, enfrenta para buscar o título que não vem desde a temporada 1995/96. A outra parte do cenário é que explica a dificuldade de fazer uma temporada assim e não ter, ao menos em princípio, chances reais de conquistar o campeonato. De um país que passa por sérias dificuldades econômicas: a Espanha está com índices recordes de desemprego. Contudo, essa realidade não é a mesma dos gigantes espanhóis Barcelona e Real Madri, clubes que, inevitavelmente, o Atlético precisa superar se quiser ser campeão 18 anos depois. Além de serem clubes com milhões de fãs no mundo, com mídia que gera receitas estratosféricas, Barcelona e Real Madrid têm, dentro da Espanha, uma vantagem financeira absurda se comparada a qualquer outra liga da Europa. Cada um dos times recebe, simplesmente, mais do que triplo que os colchoneros de direitos de televisão. Enquanto Real e Barcelona recebem cada um valores que, conforme várias fontes consultadas, variam entre € 136 milhões a € 142...

Leia Mais

Obra de arte: Red Bull faz vídeo em slow-motion de pit-stop e dá show!

Sensacional a ação da Infiniti Red Bull Racing, equipe tricampeã mundial de Fórmula-1, em ilustrar o trabalho de pit-stop em uma corrida. Ao som da abertura “O Casamento de Fígaro“, um clássico de Mozart, a equipe austríaca mostra o preparo dos mecânicos antes, durante e depois da parada do carro em um slow-motion high-tech.  Curtam: [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=lfAIvXzRXPc&w=520&h=315] Em uma temporada na qual os recordes de velocidade em pit-stops tem sido sistematicamente batidos, não se consegue visualizar o limite. Quando criança, um pitstop em seis segundos era espetacular. Este ano, a Red Bull fez em absurdos DOIS (isso, DOIS) segundos uma parada com Mark Webber no GP da Malásia:...

Leia Mais
  • 1
  • 2