Sensacional a ação da Infiniti Red Bull Racing, equipe tricampeã mundial de Fórmula-1, em ilustrar o trabalho de pit-stop em uma corrida. Ao som da abertura “O Casamento de Fígaro“, um clássico de Mozart, a equipe austríaca mostra o preparo dos mecânicos antes, durante e depois da parada do carro em um slow-motion high-tech.  Curtam:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=lfAIvXzRXPc&w=520&h=315]

Em uma temporada na qual os recordes de velocidade em pit-stops tem sido sistematicamente batidos, não se consegue visualizar o limite. Quando criança, um pitstop em seis segundos era espetacular. Este ano, a Red Bull fez em absurdos DOIS (isso, DOIS) segundos uma parada com Mark Webber no GP da Malásia:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OPXdvJY5PPc&w=520&h=315]