A temporada 2013 do Grêmio terminou alvissareira: o time se classificou para a Libertadores pelo segundo ano consecutivo. Mas também terminou como as 11 temporadas anteriores: sem nenhum título nacional ou internacional.  Foram 4 competições e o melhor desempenho foi no Brasileirão, vice-campeão. Na Copa do Brasil, o time caiu nas semifinais, enquanto na Libertadores caiu nas oitavas-de-final. No Gauchão o fiasco foi maior: nem final de turno.

No primeiro ano da Arena do Grêmio, alguns jogos do Gauchão foram disputados no estádio Olímpico, mas a maioria teve como casa o novo estádio no Bairro Humaitá. Ao longo da temporada, 53 jogadores foram utilizados por três técnicos: Wanderley Luxemburgo e Renato Portaluppi, com Roger Moreira como técnico interino ou comandando o Grêmio-B em algumas oportunidades.

Grêmio elimina LDU na pré-Libertadores no melhor momento de 2013

Grêmio elimina LDU na pré-Libertadores no melhor momento de 2013

NÚMEROS
Jogos: 72
Vitórias: 31
Empates: 18
Derrotas:22
Gols pró: 85
Gols contra: 64
Saldo: 21
Esquema tático mais usado: 4-4-2 por 38 vezes (em 11 jogos com 3 volantes), depois 3-5-2 por 20 vezes (em 11 jogos com 3 volantes)
Maior goleada: Grêmio 5×0 Santa Cruz, Campeonato Gaúcho
Pior derrota: São Luiz 4×0 Grêmio, Campeonato Gaúcho/ Coritiba 4×0 Grêmio, Campeonato Brasileiro
Maior série invicta: 8 jogos
Maior sequência de vitórias: 3 jogos (4x)
Maior série sem vencer: 7 jogos
Maior sequência de derrotas: 2 jogos (4x)
Melhor jogador: Rhodolfo
Artilheiro: Barcos, 13 gols
Maior assistente: Barcos, 8 assistências
Gol mais bonito: Alex Telles, Botafogo 0x1 Grêmio, Campeonato Brasileiro
Momento crucial da temporada: eliminação da Taça Libertadores para o Independiente Santa Fé-COL, segunda fase
Decepção da temporada: Vargas
Revelação da temporada: Alex Telles e Ramiro
Contratação furada de 2013: Cris
Contratação acertada de 2013: Ramiro e Alex Telles
Pior jogo: Grêmio 1×2 Huachipato-CHI, Taça Libertadores
Melhor jogo: Fluminense 0x3 Grêmio, Taça Libertadores primeira fase
Momento brilhante: a vitória nos pênaltis contra a LDU na primeira fase da Libertadores na primeira decisão da história da Arena


JOGOS

Dois jogadores atuaram em 58 das 72 partidas do ano: Dida e Pará. Depois dele, Barcos e Souza (56 jogos) e Bressan (55) foram os atletas mais utilizados.

# Atleta/Jogo TOTAL
1 Dida 58
2 Pará 58
3 Barcos 56
4 Souza 56
5 Bressan 55
6 Alex Telles 50
7 Kléber 50
8 Werley 48
9 Ramiro 40
10 Zé Roberto 40
11 Elano 38
12 Vargas 37
13 Rhodolfo 28
14 Riveros 27
15 Adriano 24
16 Guilherme Biteco 22
17 Cris 18
18 Fernando 18
19 Welliton 18
20 Marco Antônio 17
21 Matheus Biteco 17
22 Yuri Mamute 16
23 André Santos 14
24 Máxi Rodríguez 14
25 Paulinho 13
26 Lucas Coelho 12
27 Saimon 12
28 Gabriel 10
29 Marcelo Grohe 9
30 Wendell 9
31 William José 9
32 Deretti 8
33 Tony 7
34 Bertoglio 6
35 Fábio Aurélio 5
36 Moisés 5
37 Gérson 4
38 Léo Gago 4
39 Marcelo Moreno 4
40 Rondinelly 4
41 Tinga 4
42 Busatto 3
43 Calyson 3
44 Carlos Alexandre 3
45 Douglas Grolli 3
46 Gustavo Xuxa 3
47 Misael 3
48 Leandro 2
49 André 1
50 André Lima 1
51 Follmann 1
52 Matheus 1
53 Rodrigo Sabiá 1
TOTAL 53

GOLS

O ataque do Grêmio foi o ponto falho ao longo da temporada 2013: apenas 85 gols em 72 jogos, média baixa de 1,18 gols. Barcos foi o artilheiro com 13 gols (OBS: o 1º gol contra o Fluminense na Libertadores a CONMEBOL deu gol contra de Bruno), enquanto Zé Roberto fez 10 e Vargas 9. Ao longo do ano 23 jogadores marcaram gols, com dois gols contra.

# Jogador Gols
1 Barcos 13
2 Zé Roberto 10
3 Vargas 9
4 Elano 7
Kléber 7
6 Werley 5
7 Máxi Rodríguez 4
8 Bertoglio 3
Fernando 3
Riveros 3
William José 3
12 Lucas Coelho 2
Paulinho 2
Welliton 2
Yuri Mamute 2
16 Alex Telles 1
André Santos 1
Bressan 1
Guilherme Biteco 1
Pará 1
Ramiro 1
Rhodolfo 1
23 Souza 1
Bruno (contra) 1
Jackson (contra) 1
Total 85

ASSISTÊNCIAS

Barcos também foi o líder de assistências, com 8 na temporada. Ele foi seguido de perto por Pará e Souza, ambos com 7. Ao todo, 21 atletas deram assistências no ano. 14 gols ocorreram em rebotes ou roubadas de bola, 9 de pênalti, 4 de falta e 2 gols contra.

# Jogador Assistências
1 Barcos 8
2 Pará 7
Souza 7
4 Kléber 5
Zé Roberto 5
6 Ramiro 3
7 Alex Telles 2
Guilherme Biteco 2
Máxi Rodríguez 2
Riveros 2
Tony 2
Vargas 2
13 André Santos 1
Bertoglio 1
Deretti 1
Léo Gago 1
Marco Antônio 1
Matheus Biteco 1
Souza 1
William José 1
21 Yuri Mamute 1
Rebote/Roubada 14
Pênalti 9
Falta 4
Gol contra 2
Total 85

VEJA TAMBÉM