O atacante alemão Aaron Hunt deu uma prova maravilhosa de fair-play neste domingo no jogo do seu Werder Bremen contra o Nurnberg. O jogo estava 2×0 para os visitantes quando Hunt entrou na área e caiu após supostamente ter sofrido um choque do argentino Javier Pinola.

Aaron Hunt pede para o juiz não marcar o pênalti

Aaron Hunt pede para o juiz não marcar o pênalti

Para desespero dos jogadores do Freiburg, o árbitro Manuel Gräfe marcou pênalti. Então, o gesto louvável: Hunt falou com Gräfe e convenceu que não havia sido nada. O juiz teve humildade e marcou falta de ataque (por simulação).

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=rzpijYv9yyA]

O Almanaque Esportivo considera esse um terma recorrente. Os posts mais legais sobre o assunto estão nos links abaixo, dois deles idênticos de pênaltis que não foram:  os lances de Robbie Fowler e Miroslav Klose.