O inapelável 5×0 desta quinta-feira contra a Chapecoense se tornou a pior derrota do Internacional na história do Campeonato Brasileiro. Ela se igualou ao fiasco de 11 anos atrás… 2003. São Caetano do Sul. Anacleto Campanella. Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional levou 5×0 do São Caetano, ficando fora da Taça Libertadores de 2004. Com 72 pontos, o Inter caiu de quarto para sexto lugar,saindo do então G5 e sendo superado pelo Coritiba e o próprio São Caetano.

São Caetano 5x0 Internacional em 2003: maior derrota colorada até.. ontem

São Caetano 5×0 Internacional em 2003: maior derrota colorada até.. ontem

Na ocasião, Zé Carlos, Somália (aquele!), Somália de novo, Warley (aquele!!) e Adhemar (aquele!!!) selaram o doloroso placar para o time do interior paulista, então treinado por Tite. O Inter de Muricy Ramalho teve o significativo desfalque de Nilmar e Daniel Carvalho, que estavam no Mundial Sub-20 com a Seleção Brasileira. No Inter, dois nomes que fariam história nos anos seguintes: Edinho e Clemer.

SÃO CAETANO

Sílvio Luiz; Dininho,Gustavo,Thiago; Fábio Santos, Marcelo Mattos, Mineiro, Marcinho(Capixaba), Zé Carlos (Angelo); Warley, Somália (Adhemar). Técnico: Tite

INTERNACIONAL

Clemer, Wilson, Sangaletti, Vinícius , Gavilán, Claiton, Flávio(Edinho), Cleiton Xavier(Élder Granja), Edu Silva(Cidimar), Diego e Jéferson Feijão. Técnico: Muricy Ramalho