A Seleção Masculina de Vôlei conquistou ontem a medalha de ouro nos Jogos do Rio 2016 com categóricos 3×0 sobre a Itália em um Maracañazinho em êxtase. Foi o tricampeonato olímpico, reeditando as conquistas de 2004 em Atenas e a pioneira conquista de 1992, em Barcelona. Nas duas últimas, o mesmo comandante: Bernardo Rezende, o Bernardinho. Ele deve deixar o comando do time após 15 anos de um sucesso inigualável na história deste esporte.

Bernardinho, um gênio do esporte -

Bernardinho, um gênio do esporte –

Em 47 competições (algumas foram comandadas por auxiliares, mas sempre sob supervisão dele), foram 44 pódios com três terceiros lugares, 13 vices e 29 títulos. Apenas em três Ligas Mundiais o Brasil não ficou entre os três primeiros:2008, 2012 e 2015 (curiosamente, a primeira e a última com sede da fase final no Brasil).

É verdade que o ciclo olímpico que se encerrou ontem foi o de resultados mais fracos: muitos vices e nenhum título nas 3 principais competições (Campeonato Mundial e Liga Mundial), mas amplamente compensado pela conquista olímpico.

Com exceção da Copa América, competição bianual que o Brasil perdeu 3 finais e foi campeão apenas uma vez em 2001, no resto é um espetáculo:  duas medalhas de ouro em Olimpíadas (2004 e 2016) e outras duas medalhas de prata (2008 e 2012), dois ouros em Pan-Americano (2007 e 2011) e um bronze (2003).  TODOS os títulos do Campeonato Sul-Americano (2001, 2003, 2005, 2007,2009, 2011, 2013, 2015).

Brasil conquista o ouro Olímpico no vôlei -

Brasil conquista o ouro Olímpico no vôlei

E, os mais impressionantes para mim: 8 títulos em 10 anos na Liga Mundial de Vôlei (2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010), além de vices em 2002, 2013, 2014 e 2016. E, claro, os três títulos em Campeonatos Mundiais (2002, 2006 e 2010) em sequência, com direito a um vice na última edição.

Bernardinho assume a Seleção Brasileira Masculina de Vôlei em 2001.

RETROSPECTO NAS PRINCIPAIS COMPETIÇÕES:

  • Campeonato Mundial: 3 títulos, 1 vice
  • Olimpíadas: 2 títulos, 2 vices
  • Liga Mundial: 8 títulos, 5 vices, 3 fases finais (4º, 5º e 6º lugar)
  • Copa dos Campeões: 3 títulos, 1 vice
  • Copa do Mundo: 2 titulos, 1 terceiro
  • Jogos Pan-Americanos: 2 titulos, 1 vice e 1 terceiro
  • Campeonato Sul-Americano: 8 títulos
  • Copa América: 1 título, 3 vices

 


RETROSPECTO ANO-A-ANO

2001

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Copa América – CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

Copa dos Campeões – VICE-CAMPEÃO

2002

Campeonato Mundial – CAMPEÃO

Liga Mundial – VICE-CAMPEÃO

2003

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

Copa do Mundo – CAMPEÃO

Pan-Americano – 3° lugar

2004

Jogos Olímpicos – CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

2005

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Copa América – VICE-CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

World Grand Champions – CAMPEÃO

2006

Campeonato Mundial – CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

2007

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Copa América – VICE-CAMPEÃO

Copa do Mundo – CAMPEÃO

Pan-Americano – CAMPEÃO

Liga Mundial – CAMPEÃO

2008

Liga Mundial – 4º lugar

Jogos Olímpicos – VICE-CAMPEÃO

Copa América – VICE-CAMPEÃO

2009

Liga Mundial – CAMPEÃO

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Copa dos Campeões – CAMPEÃO

2010

Liga Mundial – CAMPEÃO

Campeonato Mundial – CAMPEÃO

2011

Liga Mundial – VICE-CAMPEÃO

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Jogos Pan-Americanos – CAMPEÃO

2012

Liga Mundial – 6º lugar

Olimpíada – VICE-CAMPEÃO

2013

Liga Mundial – VICE-CAMPEÃO

Copa do Mundo – 3º lugar

Copa dos Campeões – CAMPEÃO

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

2014

Liga Mundial – VICE-CAMPEÃO

Campeonato Mundial – VICE-CAMPEÃO

2015

Liga Mundial – 5º lugar

Campeonato Sul-Americano – CAMPEÃO

Jogos Pan-Americanos: VICE-CAMPEÃO

2016

Liga Mundial – VICE-CAMPEÃO

Olimpíada – CAMPEÃO

 

VEJA TAMBÉM:

Post de 2010: SELEÇÃO BRASILEIRA DE VOLÊI MASCULINO : A MELHOR EM ESPORTES COLETIVOS DE TODOS OS TEMPOS!