1924 quilômetros. Essa será a distância percorrida nos deslocamentos de ida e volta do Internacional na primeira fase do Gauchão 2016. A distância é um pouco maior que a do Grêmio nessa temporada, 1.534km. A média será de 481 km por viagem colorada. Em negrito anos que os times estavam na Libertadores.

Distâncias percorridas pela Dupla no Gauchão desde 2009 - Arquivo Pessoal

Distâncias percorridas pela Dupla no Gauchão desde 2009 – Arquivo Pessoal

Pela primeira vez  desde 2009, um time que está na Libertadores não foi prejudicado pela tabela feita pela Federação Gaúcha de Futebol. Pois esta, em sua infinita incapacidade de organizar uma tabela de jogos racional, acabou prejudicando o time gaúcho participante da Libertadores da América nos anos de 2010, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016 o time gaúcho na principal competição do primeiro semestre, que já força muito em viagens compridas, foi justamente o que mais se deslocou.

Apenas em 2009 e 2011 houve, por pura e absoluta coincidência, um “descanso” para o time na Libertadores (e reparem que como o Grêmio também estava na Libertadores de 2011 acabou tendo as maiores viagens recentes em um estadual).  Isso porque a FGF utiliza um software que não considera rotas de menor custo, o que reduziriam as despesas de todos os envolvidos. Informações obtidas recentemente indicam que o software faz sorteio aleatório dos jogos, não levando em conta os jogos de cada time no ano anterior (para inverter o mando de campo)

Desde 2009 com este formato (que sofreu poucas alterações), o Gauchão acaba prejudicando Grêmio ou Internacional com maiores deslocamentos no Gauchão, sempre piorando para o time que está na Libertadores. Esse ano não houve desequilíbrio nos jogos na região metropolitana (em alguns anos tivemos diferenças inacreditáveis, como o Inter jogando cinco vezes e o Grêmio onze).

Jogos do Gauchão na Região Metropolitana - Arquivo Pessoal

Jogos do Gauchão na Região Metropolitana – Arquivo Pessoal

Ao longo da história temos alguns anos com muita discrepância entre Grêmio e Inter neste mesmo critério:

ScreenHunter_1344 Jan. 20 13.49

Todos os erros já cometidos na montagem da tabela do Gauchão pela FGF podem ser condensados abaixo:

  • 2008 a 2011 – Inter joga seis vezes em Porto Alegre contra times de Santa Cruz do Sul consecutivamente. Às vezes mais de uma vez no mesmo ano (contra o Santa Cruz e Avenida). Enquanto isto, o Grêmio jogava fora de casa contra os mesmos times. Isto foi relatado DUAS VEZES aqui no Almanaque Esportivo, a última em 2010. Em 2013, para “compensar”, o Inter jogou três vezes em Santa Cruz e o Grêmio nenhuma.
  • 2008, 2009 e 2011 – Inter joga sempre contra o São José no Passo D’Areia, enquanto o Grêmio pegava o mesmo time no Olímpico. Detalhe: o Inter já tinha jogado com o Zequinha em 2006 e 2007 no Passo D’Areia.
  • 2009 a 2014 – FGF não consegue colocar a dupla Gre-Nal com número equilibrado de jogos em casa: às vezes um time joga 10 em POA e o outro 7.
  • 2010 a 2012 – Internacional enfrenta o Pelotas pela 3º vez consecutiva em Porto Alegre, enquanto o Grêmio joga sempre em Pelotas. .
  • 2009 a 2016 – Grêmio joga 5 vezes contra o Ypiranga em Erechim e só 1 em POA. Inter tem o mando invertido: 5 em POA e 1 em Erechim.
  • 2011 a 2016 – Internacional joga por seis anos seguidos contra o Lajeadense em Lajeado. Grêmio não jogou nenhuma!
  • 2010 a 2015 – Inter jogou com o Veranópolis fora de casa em 2010, 2011, 2013, 2014 e 2015. Grêmio apenas em 2012.

Abaixo um resumo de todas as matérias envolvendo problemas da FGF na montagem da tabela: