Com o término das rodadas de repescagem intercontinentais e europeias, mais a última rodada das eliminatórias africanas, as nove vagas finais foram preenchidas e temos as 32 seleções da Copa do Mundo de 2018, a ser disputada na Rússia. Croácia, Suíça, Dinamarca, Suécia, Senegal, Tunísia, Marrocos, Peru e Austrália foram os últimos times a garantir vaga no Mundial 2018.

Peru: último time classificado para a Copa, após 36 anos de hiato

Com o término da fase de classificação, temos 20 times que estiveram no último Mundial, 10 que retornam após um ou mais Copas ausentes, e dois estreantes. Isso obviamente significa que 12 times que jogaram a Copa do Mundo de 2014 no Brasil não estarão na Rússia. Os times foram divididos em quatro potes, um time de cada pote montará os oito grupos do Mundial. Segue valendo a regra dos Mundiais anteriores: não podemos ter times das mesma confederações, exceto as confederações europeias, que poderão ter até dois times em um mesmo grupo.


Times divididos para a Copa – Fonte: wikipedia

A Copa do Mundo da Rússia em 2018 será o 21° mundial consecutivo onde haverá ao menos uma seleção estreante. Ou seja, todas as Copas do Mundo nos deram o prazer de termos times jogando pela primeira vez. Importante ainda  lembrar do critério adotado pela FIFA de países “herdeiros”. Por isso temos Reino da Iugoslávia, República da Iugoslávia, Sérvia & Montenegro e Sérvia, assim como Alemanha, Alemanha Ocidental, Alemanha Oriental, ou ainda União Soviética e Rússia. Todos são citados como estreantes, mas suas contabilizações de edições se acumulam, assim como a República Tcheca com a antiga Tchecoeslováquia.


– Estreantes desde 1930

Em 1930: Argentina, Chile, França, México, Reino da Iugoslávia, Brasil, Bolívia, Uruguai, Romênia, Peru, Estados Unidos, Paraguai, Bélgica
Em 1934: Áustria, Tchecoslováquia, Egito, Alemanha, Hungria, Itália, Holanda, Espanha, Suécia, Suíça
Em 1938: Índias Orientais Neerlandesas (Índias Orientais Holandesas, hoje Indonésia), Cuba, Noruega, Polônia
Em 1950: Inglaterra, República da Iugoslávia
Em 1954: Escócia, Turquia, Alemanha Ocidental, Coreia do Sul
Em 1958: União Soviética, Irlanda do Norte, País de Gales
Em 1962: Colômbia, Bulgária
Em 1966: Portugal, Coreia do Norte
Em 1970: El Salvador, Marrocos, Israel
Em 1974: Austrália, Haiti, Zaire (hoje República Democrática do Congo) e Alemanha Oriental
Em 1978: Irã, Tunísia
Em 1982: Argélia, Camarões, Honduras, Kuwait, Nova Zelândia
Em 1986: Canadá, Dinamarca, Iraque
Em 1990: Costa Rica, Emirados Árabes Unidos, Irlanda
Em 1994: Arábia Saudita, Grécia, Nigéria,Rússia
Em 1998: África do Sul, Croácia, Jamaica, Japão
Em 2002: China, Equador, Eslovênia, Senegal
Em 2006: Sérvia & Montenegro, Togo, República Tcheca
Em 2010: Sérvia, Eslováquia
Em 2014: Bósnia-Herzegovina
Em 2018: Islândia, Panamá


Entre os países classificados, além do Brasil, único a participar de todos os Mundiais, os recordistas são Alemanha, atual campeã, com 18 edições e Argentina com 16. Irã, Egito e Tunísia são os únicos que nunca passaram da primeira fase. Já Senegal, que disputou uma única vez, chegou nas quartas-de-final, enquanto a Costa Rica, Nigéria e Colômbia tiveram seus melhores retrospectos na última Copa aqui no Brasil.

País – Total de participações – Última participação – Melhor participação
– Rússia – 10 edições – 2014 – 4º lugar (1966)
– Brasil – 20 edições – 2014 – Campeão 5x (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002)
– Irã – 4 edições – 2014 – Primeira fase (1978, 1998, 2006 e 2014)
– Japão – 5 edições – 2014 – Oitavas-de-final (2002, 2010)

– México – 15 edições – 2014 – Quartas-de-final (1970, 1986)
– Bélgica – 12 edições – 2014 – 4º lugar (1986)
– Coreia do Sul – 8 edições – 2014 – 4º lugar (2002)
– Arábia Saudita  – 4 edições – 2006 – Oitavas-de-final (1994)

– Alemanha  –  18 edições – 2014 – Campeã 4x (1954, 1970, 1990 e 2014)
– Inglaterra  – 14 edições – 2014 – Campeã (1966)
– Espanha – 14 edições – 2014 – Campeã (2010)
– Nigéria  – 5 edições – 2014 – Oitavas-de-final (1994, 1998 e 2014)

– Costa Rica  – 3 edições – 2014 – Quartas-de-final (2014)
– Polônia  – 7 edições – 2006 – 3º lugar (1974 e 1982)
– Egito – 2 edições – 1990 – Primeira fase (1934 e 1990)
– Islândia  – Estréia em Mundiais

– Sérvia  – 11 edições – 2010 – 4º lugar (1930 e 1962)
– Portugal  – 6 edições – 2014 – 3º lugar (1966)
– França – 14 edições – 2014 – Campeã (1998)
– Uruguai – 12 edições – 2014 – Campeão (1930 e 1950)
– Argentina – 16 edições – 2014 – Campeão (1978 e 1986)
– Colômbia – 5 edições – 2014 – Quartas-de-final (2014)

– Panamá  – Estréia em Mundiais
– Senegal – 1 edição – 2002  – Quartas-de-final (2002)
– Marrocos – 4 edições – 1998 – Oitavas-de-final (1986)
– Tunísia – 4 edições – 2006 – Primeira fase (1978, 198, 2002, 2006)
– Suíça – 1o edições – 2014 – Quartas-de-final (1934, 1938 e 1954)
– Croácia – 4 edições – 2014 – Terceiro lugar (1998)
– Suécia – 11 edições – 2006 – Vice-campeã (1958)
– Dinamarca – 4 edições – 2010 – Quartas-de-final (1998)
– Austrália – 4 edições – 2014 – Oitavas-de-final (2006)
– Peru – 4 edições – 1982 – Quartas-de-final (1970 e 1978)

OBS: Por critérios da FIFA, a Rússia herdou os dados da União Soviética, a Alemanha da Alemanha Ocidental. Já a Sérvia herdou de: Reino da Iugoslávia, República da Iugoslávia e ainda  Sérvia & Montenegro.


Tivemos uma grande mudança entre os classificados da última Copa e a atual. Nada menos que 12 dos 32 times fracassaram na atual edição das Eliminatórias, ou 37,5% de renovação entre os classificados. A título de comparação, esse número é quase o dobro da renovação de 2010 para 2014 (7 times).

Obviamente o maior fiasco é da Itália, tetracampeã mundial, mas também se ressalte a Holanda, terceira colocada na Copa 2014, e times como Argélia e Chile, que brilharam na última Copa.

– Argélia
– Bósnia 
– Camarões
– Chile 
– Costa do Marfim
– Equador 
– Estados Unidos
– Gana 
– Grécia
– Holanda
– Honduras
– Itália