Ao caírem para a Segundona ontem com o Coritiba, o centroavante Henrique Almeida e o goleiro Wilson se tornaram mais um dos jogadores que já foram rebaixados quatro vezes na Série A do Brasileirão. Eles igualaram outros dois jogadores da atual edição: Fernando Bob e Nino Paraíba, jogadores da Ponte Preta e que também caíram em 2017.

Fernando Bob, rebaixado quatro vezes em seis anos na Série A

Além deste quarteto, ao lateral-direito/volante Jonas (hoje no Botafogo) e o centroavante Rafael Moura (do Atlético-MG) são os demais recordistas em rebaixamentos na “Era Pontos-Corridos” do Campeonato Brasileiro.

Curiosamente, Henrique Almeida, Nino Paraíba e Jonas foram rebaixados juntos no Vitória em 2010. O mesmo ocorreu com Rafael Moura e Éverton Santos, rebaixados juntos duas vezes (em 2010 no Goiás e 2016 no Figueirense). Wílson foi rebaixado duas vezes pelo Figueirense, enquanto Nino Paraíba caiu 2x no Vitória.

Impressionam ainda os números ruins de Fernando Bob , que foi rebaixado em quatro das últimas seis edições da Série A.

  • Rafael Moura: Vitória (2004), Paysandu (2005), Goiás (2010), Figueirense (2016)
  • Jonas: São Caetano (2006), Sport (2009), Vitória (2010), América-MG (2016)
  • Éverton Santos: Corinthians (2007), Goiás (2010), Ponte Preta (2013) e Figueirense (2016)
  • Wilson: Figueirense (2008 e 2012), Vitória (2014) e Coritiba (2017)
  • Henrique Almeida: Vitória (2010), Sport (2012), Bahia (2014), Coritiba (2017)
  • Nino Paraíba: Vitória (2010 e 2014), Avaí (2015) e Ponte Preta (2017)
  • Fernando Bob: Atlético-GO (2012), Ponte Preta (2013 e 2017), Internacional (2016)