A centenária Copa da Inglaterra, disputada desde o longínquo ano de 1871 teve sua primeira rodada envolvendo os times da Primeira Divisão disputada neste final de semana. E, de quebra, a primeira grande zebra com a eliminação do Arsenal, que resolveu jogar com time reserva e levou 4×2 do Nottingham Forest no lendário City Ground.

 

Arsenal, maior campeão da Copa da Inglaterra, caiu para o histórico Nottingham Forest no City Ground

A Copa da Inglaterra começa a ser disputada logo no início da temporada inglesa, e reune cerca de 750 times ao longo de toda a temporada. Até a 10º divisão inglesa (a Premier League, as quatro seguintes da Football League e mais as seis seguintes de futebol semi-profissional e amador) podem participar do torneio, e os grandes só entram quando a competição afunila para 64 times. Um time que disputa a primeira fase eliminatória passaria por 14 fases até a final. Isto nunca aconteceu, o máximo foi chegar na 9º fase.

Algumas curiosidades:

  • Policial com cavalo branco organiza os mais de 200 mil torcedores na final de 1923

  • Em 1923, com quase duzentos mil  torcedores em Wembley (estádio recém construído), um policial controlou o público com um cavalo dentro do campo. A famosa final do “Cavalo Branco”, no qual o policial George Scorey, montando Billie, ajudou a tirar a torcida de dentro de campo. O estádio, com capacidade para 125 mil lugares à época, ficou abarrotado e foi necessário atrasar em 45 minutos a partida. O Bolton Wanderers venceu o West Ham United por 2×0.
  • New Brighton’s (1958), Blyth Spartans (1978) e Harlow Town (1980) passaram por nove fases (1º classificatória até a 5º fase) antes de serem eliminados.
  • Chasetown foi o menor time a chegar na fase que entram os times da primeira divisão (ele estava na oitava divisão em 2008)
  • Em 1933, a final entre Everton e Manchester City foi o primeiro jogo da história com times numerados na camiseta
  • Em 1953, o Blackpool da lenda Stanley Matthews perdia por 3×1 para o Bolton quando o veterano atacante, de 38 anos, arrasou: em 22 minutos deu o passe para dois gols e sofreu a falta do terceiro, em uma virada para 4×3.
  • Tottenham Hotspur (1902), West Brommich Albion (1931), Sunderland (1973), Southampton (1976) e West Ham United (1980) foram os campeões provenientes da Segunda Divisão. Já o Plymouth foi o único time da terceira divisão a chegar às semifinais, em 1984.

 

VEJA AGORA AS MAIORES ZEBRAS DA HISTÓRIA DO TORNEIO

Manchester City 0x1 Wigan Athletic – Copa da Inglaterra 2012-13 FINAL

O Manchester City ainda não era o time do Pep Guardiola, mas tava quase. Já tinha David Silva, Sergio Aguero, Yaya Touré, Vincent Kompany e na época ainda tinha Carlos Tévez. O time de Roberto Mancini chegou na decisão da Copa um ano depois de encerrar o jejum de 40 anos sem títulos no Campeonato Inglês, decidindo agora contra o modestíssimo Wigan Athletic comandado pelo espanhol Roberto Martinez.

Em um jogo equilibrado, cada time teve duas chances claras de marcar, mas sem efeito. Porém nos acréscimos, Ben Watson testou de cabeça escanteio e matou qualquer chance de defesa Joe Hart, garantindo o inédito título do Wigan. Memorável, pois o Wigan foi rebaixado três dias depois. E, para completar, no ano seguinte, eliminou o Manchester City de novo nas quartas-de-final da Copa da Inglaterra.

 


Chelsea 2×4 Bradford City – Copa da Inglaterra 2014-15

O Chelsea vencia fácil o Bradford City, da terceira divisão, por 2×0. Em casa. Gary Cahill e o brasileiro Ramires fizeram 2×0 ainda no primeiro tempo. Jon Stead descontou ainda no período inicial. Na etapa complementar, uma reação incrível do modesto Bradford com gols de Filipe Morais, Andy Halliday e Mark Yeates simplesmente calou o Stamford Bridge para uma das maiores zebras da história, e a maior deste século.


Wrexham 2×1 Arsenal, Copa da Inglaterra 1991-92

O Arsenal, então campeão inglês com apenas uma derrota na temporada anterior, mantinha uma base forte treinada por George Graham. Com craques como Alan Smith, Paul Merson, Lee Dixon, Nigel Winterburn e os lendários Tony Adams e David Seaman. Tinha ficado 23 jogos invicto na temporada anterior. Tudo isso ruiu na terceira rodada da Copa da Inglaterra contra o Wrexham, mesmo com Smith marcando 1×0 no primeiro tempo. Mickey Thomas e Steve Watkin viraram nos dez minutos finais para uma vitória famosa do time da quarta divisão.


 Hereford United 2×1 Newcastle United, Copa da Inglaterra 1971-72

Ronnie Radford, carpinteiro e jardineiro, jogava no time semi-amador do Hereford. O adversário era o poderoso Newcastle, pela terceira fase da Copa da Inglaterra. O Hereford era da quarta divisão e entrou na quarta fase classificatória. Chegando à terceira fase, quando entram os times da primeira divisão, arrancou um empate em 2×2 contra o Newcastle fora de casa.

No jogo desempate, perdia de 1×0 desde o início do jogo, quando Ronnie desferiu um petardo de 30m no ângulo do goleiro Willie McFaul e empatou o jogo, provocando histeria e invasão de campo. Na prorrogação, Ricky George fez mais um e selou a maior zebra da história de 125 anos do torneio.


Stevenage 3×1 Newcastle – Copa da Inglaterra 2011-12

O jogo, disputado no minúsculo estádio Broadhal Way, de apenas sete mil lugares, foi sensacional e teve todos os gols no segundo tempo. Stacy Long abriu o marcador aos sete minutos, Michael Bostwick aumentou na metade do segundo tempo, 2×0. Joey Barton marcou um golaço nos acréscimos para o Newcastle, mas na saída de bola Peter Winn selou a histórica vitória do time do condado de Hertford.

Confiram os gols:

 

 


VEJA TAMBÉM: