Nos próximos dias, o Grêmio deve confirmar a negociação do volante Arthur com o Barcelona por 30 milhões de euros, a serem pagos em três parcelas. O jogador, que só irá para a Catalunha ao final do ano, também poderá render extras 10 milhões de euros por títulos, atuações e demais critérios de desempenho variáveis.

Deste montante, 60% dos 30 milhões de euros ficarão com o Grêmio, algo em torno de 72 milhões de reais na cotação de hoje. Os valores variáveis não entram neste critério histórico do Almanaque, para manter a isonomia com as demais negociações.

Venda de Arthur bate todos os recordes do futebol gaúcho

Com essa negociação, o volante gremista se torna o jogador mais rentável da história do futebol gaúcho. De longe. Mesmo considerando o já histórico critério do Almanaque Esportivo de transferências corrigidas por um índice de inflação, a negociação é quase 1/3 superior à do segundo colocado, o atacante Alexandre Pato que rendeu 20 milhões de dólares em 2007, o que representaria quase 94 milhões de reais em valores corrigidos na data de hoje.

A negociação também é a melhor para o Grêmio já descontando a participação de terceiros no negócio. É a terceira no futebol gaúcho, único ítem que a venda de Arthur não lidera rendeu 72 milhões de reais, menos que os 93 milhões de Pato (2007) e 92 milhões de Fábio Rochemback (2001), jogadores que tiveram a totalidade dos direitos em mãos do Internacional.

Esse é o panorama da negociação:

Com inflação corrigindo os valores pelo IPCA-A:

  • Maior transferência para o futebol da Espanha
  • Maior transação do Grêmio entre os volantes
  • Maior transação em rentabilidade do Grêmio
  • Maior transação do futebol gaúcho entre os volantes
  • Maior venda da história do Grêmio
  • Maior venda da história do futebol gaúcho
  • 3º maior transação em rentabilidade do futebol gaúcho

Sem inflação corrigindo os valores pelo IPCA-A:

  • Maior venda da história do Grêmio
  • Maior transação em rentabilidade do Grêmio
  • Maior transação em rentabilidade do futebol gaúcho
  • Maior venda da história do futebol gaúcho

Pela primeira vez temos uma alteração na lista dos primeiros colocados. Arthur entrou em uma lista que não era alterada desde a transferência de Oscar para o Chelsea em 2012.

 


Entre os atletas gremistas, Arthur é o primeiro disparado, sempre considerando valores corrigidos pela inflação.


Com os valores obtidos na época, sem inflação, Arthur é o 1º colocado entre os gremistas e o 1º na lista geral.

 


Desconsiderando-se os valores que são cedidos a terceiros (empresários e outros clubes), Arthur é a venda mais rentável da história do futebol gaúcho, mas sem a correção inflacionária.


Com os valores corrigidos pela inflação, Arthur é o 3º colocado na lista de transações mais rentáveis do futebol gaúcho, e o primeiro do Grêmio.


Arthur é a mais rentável transação do futebol gaúcho para o futebol espanhol:


Finalizando, Arthur  é o volante mais caro da história do futebol gaúcho:

 

LEIA TAMBÉM:

MAIS CARAS CONTRATAÇÕES DO FUTEBOL GAÚCHO: Nico López não entra no Top 10

 

Pedro Rocha é venda mais rentável do Grêmio em todos os tempos: confira o ranking RS