• Desde o início do século ocorreram 65 confrontos entre Grêmio e Internacional. A vantagem colorada é de 24 vitórias contra 18 do Grêmio, com 23 empates. O Inter fez 78 gols e o Grêmio 70.
  • Também desde o início do século são 31 clássicos Gre-Nais pelo Gauchão, com 15 vitórias do Inter, 6 do Grêmio e 10 empates. Grêmio fez 37 gols e o Inter 47.
  • Desde 2009 temos garantido ao menos um Gre-Nal na fase inicial do Gauchão (ou no primeiro turno, nos Gauchões de 2009 a 2013 com dois turnos). O Grêmio venceu um, o Inter três e houveram seis empates.
  • A maior goleada no século é do Grêmio, 5×0 em 2015.
  • A maior goleada no século pelo Estadual é do Inter: 4×1 na finalíssima de 2014.
  • No Beira-Rio remodelado pós Mundial-2014 são três vitórias coloradas e uma tricolor, com um empate.
  • Este será o terceiro clássico do árbitro Jean Pierre de Lima. Em 2011 ele apitou a vitória do Grêmio sobre o Inter no primeiro jogo das finais do Estadual, 3×2 no Beira-Rio. Júnior Viçosa (2x) e Leandro marcaram para o Grêmio, com Andrezinho e Leandro Damião marcando para o Internacional. Já em 2013, o Inter venceu o clássico em Erechim por 2×1, gols de Diego Forlán e Rodrigo Moledo, descontando William José para o Tricolor.
  • Uma curiosidade trágica sobre este segundo jogo: o gol de Forlán e o de William José foram de penalidades cometidas por Matheus Biteco e Josimar, falecidos na tragédia da Chapecoense.
  • Será o oitavo clássico do técnico Renato, com uma vitória, uma derrota e seis empates.
  • Será o segundo clássico do técnico Odair Hellmann. Como interino, comandou o Colorado no infame 5×0 de 2015.
  • Em atividade pelos clubes, os artilheiros colorados são: D’Alessandro 8 gols, Leandro Damião 6 gols, Cláudio Winck e Rodrigo Moledo com um gol. Já os gremistas são: Luan 3 gols, Douglas 2 gols, Ramiro 1 gol. Destes, apenas D’Ale e Ramiro devem começar jogando no domingo.